Blog

Águas.ml premiada no Hackathon Sabesp “A água e Você”

A plataforma https://aguas.ml foi premiada em primeiro lugar no Hackathon da Sabesp durante o XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos realizado em Florianópolis, Santa Catarina.

Representada pelos alunos do Mestrado Profissional ProfÁgua do polo da Unesp em Ilha Solteira, Carlos Diego de Souza Rodrigues e Juarez Cardoso apresentaram um ambiente virtual onde pessoas se encontram para dialogar sobre as águas. Continue lendo “Águas.ml premiada no Hackathon Sabesp “A água e Você””

A importância da outorga de direitos de uso de recursos hídricos

Texto do professor Renan Pereira Zambianqui*

A água é, com certeza, um dos recursos naturais mais importantes que a humanidade possui, e sua utilização sempre foi vista desde o inicio erroneamente de que era um bem renovável e abundante, sendo utilizada de forma indiscriminada e irracional, esquecendo da dependência imposta sobre todos os seres vivos quanto à necessidade de água para sobreviver.

Atualmente, tem-se a consciência de que a água é finita, quanto a sua distribuição e potabilidade e seu uso precisa ser fiscalizado e controlado, para que não ocorra uma crise que atinja toda a humanidade. Continue lendo “A importância da outorga de direitos de uso de recursos hídricos”

Processo Cidadão do 8º Fórum Mundial da Água

Recebemos por email um convite para que os interessados no 8º Fórum Mundial da Água se envolvam no processo cidadão institucional ou pessoalmente.

O interessante também é o link para a apresentação das diferentes formas de participação no processo, muito moderno o Guia de Participação. O guia apresenta 06 formas de atuação resumidas a seguir Continue lendo “Processo Cidadão do 8º Fórum Mundial da Água”

Listão de filmes sobre as águas na Internet

Muitos filmes e documentários compilados da Internet para você assistir.

Nem todos estão traduzidos, mas vale a pena assistir um pouquinho quando sobrar um tempo navegando na internet. São mais de 60 filmes coletados e organizados que podem complementar suas atividades ou estudos.

Desfrute!

 

Clique em para ver outras páginas de filmes e documentários

O caminho para a preservação

Nos últimos dias 31/08, 01 e 02/09 foram realizadas expedições de campo organizadas pelos Professores Antônio Cézar Leal e Jefferson Nascimento (também como coordenador geral), do Programa de Mestrado Profissional em Rede Nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos – ProfÁgua (ANA – CAPES – UNESP FEIS). Nesta oportunidade pudemos conhecer os projetos de Pagamento de Serviços Ambientais em Extrema – MG, a Estação de Tratamento de Água da Sabesp em Guaraú (no Sistema Cantareira), juntamente com uma grande visita à Estação Elevatória de Santa Inês e as atividades relacionadas a recuperação do Ribeirão Lajeado realizadas pelo Departamento de Água e Esgoto de Penápolis – DAEP (em parceria com o Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lageado. Espero aqui poder compartilhar um pouco das experiências adquiridas e a vivência nos 3 dias de intensas atividades.

Dia 1 – Programa de Pagamento de Serviços Ambientais de Extrema – MG:

Após uma madrugada muito prazerosa pelos encontras mas pouco confortável pelo fato de viajarmos por praticamente todo o Estado de São Paulo, de Ilha Solteira – SP à Extrema – MG, tivemos uma recepção muito agradável da própria Minas Gerais, com suas incríveis paisagens que nos deslumbraram ao longo do caminho até a sede do Projeto Conservador das Águas. Após uma palestra a respeito do início do projeto e de como ele foi desenvolvido, pudemos questionar a respeito das fontes de financiamento e das dificuldades técnicas-operacionais. Confesso que fiquei bem admirado por um projeto desta magnitude ter em quase sua totalidade o financiamento da própria prefeitura, contando atualmente com uma verba de por volta de R$4 milhões de reais por ano, utilizada para manutenção do projeto, novos plantios, pagamento aos proprietários e um um inovador programa que realiza a compra de áreas a serem destinadas a Áreas de Preservação Ambiental Municipal.

Para conhecer mais o programa: http://www.extrema.mg.gov.br/conservadordasaguas/

Dia 2 – ETA Guaraú e Estação Elevatória de Santa Inês

Com um agradecimento em especial à Sabesp, por abrir suas portas a nossa visita (em especial ao nosso colega de mestrado Hermes Maurício por ter articulado a visita), iniciamos o segundo dia conhecendo uma das maiores Estações de Tratamento de Água do mundo, a ETA Guaraú, com capacidade de tratamento de 33m³/s, operando atualmente com um volume entre 24-27m³/s devido a diminuição de demanda de aproximadamente 8 milhões de pessoas (população da Região Metropolitana de São Paulo a qual atende).

Entrada da água bruta na ETA Guaraú.

Após conhecer a ETA Guaraú, damos prosseguimento a visita para conhecer alguns dos pontos mais espetaculares do Sistema Cantareira, a Estação Elevatória de Santa Inês, que bombeia as águas da Represa de Paiva Castro (745m acima do nível do mar) para a Represa de Águas Claras (860m acima do nível do mar) por um desnível de 120 metros, utilizando um sistema de 4 bombas alimentadas por 4 grades motores, sempre com 3 conjuntos em funcionamento e um em modo reserva.

Curioso a respeito do Sistema Cantareira, para informações institucionais (da Sabesp, é claro): http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=132

Eu em primeiro plano com as colegas (da direita para a esquerda) Silvia, Eliana e Lígia, conhecendo a casa das máquinas da Elevatória de Santa Inês.

Dia 3 – DAEP Penápolis

Por fim, nossa aventura nos levou para o Município de Penápolis, para conhecermos as ações de restauração e preservação das APP´s ao longo do Ribeirão Lageado, que abastece a cidade. Visita agendada pela nossa amiga Silvia (a mesma que está comigo na foto na casa das máquinas da Elevatória de Santa Inês), que é funcionária do DAEP. Tivemos a oportunidade de conhecer e conversar com os parceiros e engenheiros responsáveis pelo projeto de revitalização, com dois cafés da manhã delicioso, um na sede do DAEP e outro na propriedade de um dos primeiros proprietários que topou implantar as ações de conservação de solo e proteção de APP´s.

Um café da manhã sertanejo, com rosca doce fresca e chá de gengibre da própria horta.

Vale muito conhecer o DAEP e o Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado: https://www.daep.com.br/, https://www.daep.com.br/cirl

Compartilho aqui apenas um curtíssimo resumo do que encontramos pelo caminho, em caso de dúvidas, maiores informações ou apenas um bate papo, venha conhecer parte do nosso pessoal na TyBrasil, www.tybrasil.com.br, um forte abraço a todos que chegaram até aqui na leitura.

 

A irrigação e os caminhos das águas

A irrigação é umas das primeiras atividades intensivas humanas de controle da produção de alimentos quando cria condições específicas para a bonança da atividade laboral, principalmente em sociedades complexas o suficiente para intervir drasticamente em seu ambiente.

Conhecendo as características dos alimentos, seus ritmos de crescimento até a colheita e com a possibilidade de influenciar e manter sistemas produtivos com plena atividade, a intenção principal tende a ser a garantia das melhores condições para o desenvolvimento de atividades que abastecem a humanidade e mantém vivas as criações domesticadas. Continue lendo “A irrigação e os caminhos das águas”